STS-RSFN VIRTUAL APPLIANCE

Implementa integralmente as especificações do Manual do Grupo Técnico de Segurança do BACEN (SPB) e da CIP. 

 

STS-RSFN VIRTUAL APPLIANCE é uma máquina virtual (VM), com sistema operacional fechado, para empresas que desejam agregar as funcionalidades do protocolo RSFN, mas não querem se preocupar com a criação de scripts e outros mecanismos de gerência como coleta de arquivos e disparo de processos.

O VIRTUAL APPLIANCE utiliza o mecanismo de compartilhamento de arquivos como método de integração entre sistemas. Aplicativos externos, executando sob qualquer plataforma operacional, podem submeter arquivos para operações de criptografia e assinatura digital, através de simples operações de escrita e leitura, nas pastas compartilhadas.

Destina-se às empresas que desejam agregar as funcionalidades dos protocolos de segurança CIP e BACEN (padrão RSFN) aos seus próprios sistemas, sem utilizar API, sem se preocupar com sistema operacional hospedeiro, licenciamento e gestão de sistema operacional. Com o VIRTUAL APPLIANCE não é necessário instalar software de criptografia em qualquer um de seus servidores de aplicações.

COMO FUNCIONA

O arquivo, que precisa ser “envelopado” ou “desenvelopado” no padrão RSFN, só precisa ser colocado na PASTA DE ENTRADA da operação desejada e será coletado pelo VIRTUAL APPLIANCE, que, após o processamento, disponibilizará o resultado da operação na PASTA DE SAÍDA da respectiva operação.

PRINCIPAIS FUNÇÕES

  • Conversão UTF8 x UTF16-BE
  • Compactação padrão GZIP
  • Criptografia de dados
  • Assinatura digital
  • Geração de pares de chaves
  • Geração de CSR
  • Gerência de chaves privadas
  • Gerência de certificados digitais
  • Validação de certificados digitais
  • Geração e agregação de header de segurança padrões RSFN e CIP

 

BENEFÍCIOS

Aplicações não precisam saber lidar com criptografia ou hardware especializado (HSM).

  • Estabilidade comprovada desde o início do SPB em 2002
  • Sistema fechado
  • Processamento de todas as tarefas relacionadas com a segurança dos pacotes e arquivos de diversos que utilizam protocolo de segurança padrão RSFN.

Implementa, em sua totalidade, todos os requisitos do manual de segurança do BACEN e dos Manuais de Operação da CIP, para a criptografia e assinatura digital das mensagens que trafegam pela RSFN ou pela RTM.

O sistema atende às especificações técnicas de segurança de arquivos e mensagens exigidas pelos seguintes sistemas:

Sistemas do BC e da CIP:

PIX – Pagamentos Instantâneos

CHEQUE LEGAL – Consulta da situação física de cheques

CTC – Central de Transferência de Crédito

C3 REGISTRADORA – Registro de contratos de créditos pessoal, CDC, financiamento de veículos e crédito consignado para controle das operações de cessão e bloqueio

MES – Mensageria do SISBACEN

PCPS – Plataforma Centralizada de Portabilidade de Salário

PCR – Plataforma Centralizada de Recebíveis é a solução da CIP responsável pela Nova Plataforma de Cobrança.

R2C3 – Balcão de Recebíveis

SCC – Gestão e Controle das Consignações em folhas de pagamento

SELTEC – Serviço de Liquidação de Títulos em Cartório

SERAP – Serviço de Recebíveis de Arranjos de Pagamentos

SILOC & SILOC BB – Sistema de Liquidação das  Ordens de Crédito

SITRAF – Sistema de Transferência de Fundos

SLC – Transações de Liquidação de Cartões

STD – Créditos de Nota Fiscal

DISTRIBUIÇÃO

STS RSFN VIRTUAL APPLIANCE é uma VM (virtual machine), disponibilizada em formato .OVA e deve ser instalada em ambiente operacional Vmware ESXi 6 ou superior.

Consulte-nos sobre outras plataformas de virtualização

REQUISITOS DE HARDWARE

  • Processor x(64) 02 núcleos
  • 02 GB RAM
  • 50 GB espaço em disco